Como Fazer uma Barba Viking Perfeita! Como Deixar Passo a Passo


Veja como conquistar a barba viking perfeita

Recentemente, a moda masculina viu uma explosão de barbas. Atualmente, um dos símbolos de desejo no visual masculino inclui barbas mais cheias, compridas e imponentes, criando um visual que mistura o rústico com o clássico.

Nesse sentido, um dos estilos mais utilizados é a barba viking, que não poderia ser mais rústica ou mais característica. Apesar de ela não ficar bem para absolutamente todo mundo, não dá para negar que se trata de uma opção a ser considerada por quem se identifica com o estilo. Porém, muita gente não entende exatamente como é esse visual ou como consegui-lo. Se esse é o seu caso, veja dicas para conseguir a barba viking perfeita.

O que é a barba viking?

A barba viking é um estilo que remete, literalmente, ao povo nórdico composto com comerciantes, exploradores e bárbaros de muitos séculos atrás responsáveis por diversas invasões na Europa e América do Norte.

Como eles viveram muitos anos atrás, os vikings possuíam um estilo muito característico, com roupas de batalhas e um estilo bem rústico. Não havia questões como cortes de cabelo e nem fazer a barba. Por viverem em regiões muito frias, inclusive, a barba era praticamente indispensável, já que ajudava a proteger o rosto das baixas temperaturas.

O tempo passou e a visitação a elementos e visuais do passado fez com que a barba viking se tornasse uma tendência de moda masculina nos dias atuais.

Como conseguir uma barba viking?

Para conseguir uma barba viking é preciso passar por um processo um pouco mais longo, o que exige paciência. Porém, ao seguir os passos corretamente fica mais fácil chegar ao resultado desejado. Para tanto, algumas recomendações incluem:

Escolha o estilo perfeito

O primeiro passo é entender qual estilo de barba viking você deseja. Todas elas são cheias e mais longas, mas o que muda é a modelagem e o formato que você vai dar aos fios. O estilo ducktail, por exemplo, é mais anguloso e forma uma espécie de bico na região do queixo.

Enquanto isso, a old dutch é mais quadrada e forma um visual que é ligeiramente mais rústico.

Você também pode optar por barbas que ocupam muito ou pouco espaço nas bochechas, assim como barbas que descem muito ou pouco para a região do pescoço.

Comece a deixar a barba crescer

Depois de definir o estilo você deve começar a deixar a barba crescer, sem interrupções. Essa dica parece óbvia, mas muita gente começa a raspar os fios com mais frequência esperando que eles cresçam mais rápido.

Não importa como a sua barba cresce, pois esse é o momento de deixá-la crescer livremente. Não apare as pontas e não tente mudar o formato de preenchimento dos pelos no rosto de modo que a barba fique do tamanho que você deseja.

No geral, esse processo leva algumas semanas, variando de 6 a 12 semanas, dependendo da velocidade de crescimento dos seus pelos.

Cuide da alimentação

Para potencializar o crescimento da sua barba vale a pena cuidar da alimentação. Com mais nutrientes e vitaminas, os pelos crescem não apenas mais rapidamente, mas também de maneira mais forte.

Vale a pena mudar a sua alimentação para torná-la mais variada e mais completa. Além disso, também é importante reduzir o consumo de gordura e de açúcares, já que esses são elementos que podem colaborar para o enfraquecimento dos fios.

O uso de suplementos só é recomendado caso seja indicado por um médico, de forma que seja possível garantir a total segurança no uso.

Como cuidar da barba viking?

Uma vez que os pelos estejam do tamanho certo, você deve cuidar da sua barba viking. Tudo bem, ela tem um estilo rústico e os vikings verdadeiros não tinham cuidados especiais, mas estando na sociedade moderna é benéfico que você cuide da barba para um visual mais bonito. Dentre as recomendações estão:

Peste atenção à pele do rosto

A barba pode fazer com que a pele do seu rosto fique mais ressecada ou então mais oleosa, o que a torna mais suscetível ao aparecimento de descascamentos ou de espinhas, respectivamente.

Para evitar isso é importante garantir uma hidratação adequada da região, além de garantir uma limpeza que aconteça junto à raiz onde nascem os pelos. Isso vai fazer com que a pele fique mais saudável e o visual mais adequado.

Use óleos específicos

Para isso, inclusive, vale a pena usar óleos específicos para a região. Normalmente, eles contêm produtos naturais que oferecem uma hidratação sutil à barba e à pele, fazendo com que o visual fique com aparência de bem cuidado.

Também é importante garantir a aplicação desses óleos nos pelos da barba em si. Isso vai evitar que os fios pareçam ressecados, além de evitar que os fios fiquem fora do lugar. O ideal é fazer a aplicação conforme as recomendações do fabricante, o que normalmente inclui usar o produto de uma a duas vezes por dia, todos os dias.

Apare a barba regularmente

Por mais que a barba viking seja mais cheia e mais longa, se ela ficar comprida demais os fios vão sofrer prejuízos em relação ao visual. Como o crescimento não é completamente homogêneo, alguns fios ficarão maiores do que os outros, gerando uma aparência irregular e pouco atraente.

Por isso, é importante que você apare a barba com alguma regularidade. Verifique se os fios estão alinhados e, caso não estejam, corte apenas o suficiente com a ajuda de uma tesoura.

Quanto aos fios nas regiões das bochechas e do pescoço você pode usar barbeadoreselétricos ou não —, navalha ou mesmo ir a um barbeiro de confiança para fazer a manutenção do visual.

Para ter uma barba viking perfeita é preciso ter paciência para aguardar todo o processo que envolve o crescimento dos pelos até que eles cheguem à altura desejada. Depois que a barba estiver lá, empreender cuidados com a manutenção é uma tarefa indispensável para conseguir garantir que o visual esteja sempre bonito.

O que você acha da barba viking? Comente e participe!

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe!

Seus amigos vão adorar! :)